Coloque a vírgula no lugar certo.

Postado em 09/09/2019

Coloque a vírgula no lugar certo.

A vírgula talvez seja o sinal de pontuação mais utilizado nos textos e costuma ser o que  mais provoca dúvidas;  aqui, no Conversa de Português, ela é a responsável  por boa parte das  perguntas enviadas por nossos leitores. Muitas vezes,  um texto mal pontuado acarreta problemas de coesão e coerência, pois  uma vírgula fora do lugar pode alterar completamente o  sentido do  texto. Quando, então, devemos  usá-la?

Alguns gramáticos identificam a  vírgula como um sinal de pontuação que “marca uma pausa de pequena duração” (CUNHA, 2008, p. 658), o que provoca o entendimento de que esta tal  pausa equivale àquelas  presentes na linguagem  oral, o  que  não  nem sempre é  verdade.  Há algumas  regras  básicas das quais  são podemos esquecer:

A vírgula serve para:

1. Para separar elementos que exercem a  mesma função sintática:   Mateus,  Marcos, Lucas e João eram apóstolos de Cristo.

2.  Marcar inversões na ordem direta: Quando saímos,  começou a chover.

3. Isolar o  vocativo: Menino, por favor,  chame sua mãe!

4. Para isolar  elementos repetitivos: Nada, nada poderá  nos  separar.

5. Para isolar o  adjunto adverbial  antecipado; no entanto, quando  este for  representado  por   uma única palavra, a vírgula é  facultativa: Ontem conhecemos o  pai  da noiva. / Ontem, conhecemos  o  pai da noiva.

6. Marcar a supressão de  uma palavra (geralmente um verbo) ou  um grupo de palavras: Beto  fez curso de  violão; Lucas, de saxofone.

7. Separar, na datação de  um escrito,  o  nome do  lugar: Rio de  Janeiro, 28 de  junho de  2012.

8. Para separar orações coordenadas assindéticas: Levantou da cama, abriu a janela, avistou o  vizinho  do outro  lado da rua, acenou.

9.  Separar as orações coordenadas sindéticas, salvo as introduzidas pela  conjunção  e: Saí cedo de casa, mas perdi  o ônibus.

10.  Separar as coordenadas  sindéticas em que  ocorre a reiteração da conjunção e: “E sofre, e lima e sua” (Olavo  Bilac)

11. Separar  as orações adverbiais, principalmente quando  antepostas à principal: Quando o  menino  chegou,  o  pai  já  havia saído.

Outras Notícias

 

Como lidar com os sonhos e expectativas dos filhos
Postado em 06/08/2020

O sonho tem uma função simples na vida que é a dar o impulso para seguir adiante. E qual é a criança que não sonha em se tornar um ou outro profissional, ou vislumbra o futuro como a pessoa que vai mudar o mundo? Saudável, o sonho deve ser nutrido ...
leia mais »

Ser Exemplo
Postado em 29/07/2020

Dizer o que outras pessoas precisam fazer é fácil, mas tomar atitude e fazer para ser exemplo não é tão fácil assim. Não há quem nunca ouviu alguém dizer: “falar é fácil, difícil é fazer”.

...
leia mais »

O Bom Jardim de Infância
Postado em 22/07/2020

O jardim de Infância serve para ensinar as crianças a desenvolver o seu amor pela aprendizagem, a serem capazes de se relacionar com os colegas e a abrirem os olhos para o mundo.

Jardins de infância direcionados à boa educação infantil incentivam ...
leia mais »